Symington lança nova imagem da marca Altano

0

Altano conta com cinco vinhos dentro da sua gama e já está presente em cerca de 30 países, como Angola, Bélgica, Canadá, Holanda ou Brasil

Presente no mercado desde 2000, a Altano sempre se pautou por ter uma relação de confiança com os apreciadores dos vinhos do Douro e por desenvolver uma ligação sustentável com a natureza. Agora, e com o objetivo de se apresentar como uma escolha natural dos consumidores jovens, globais e exigentes, a marca da Symington Family Estates apresenta uma nova imagem, renovando os rótulos dos cinco produtos disponíveis em Portugal e no estrangeiro, e conta com um novo claim: “Naturalmente Douro”.

O rebranding da Altano tem assinatura da Omdesign. A nova imagem terá um grafismo contemporâneo, digital, divertido e descomprometido e apostará em cores quentes e cativantes que potenciam uma maior afinidade com os clientes. Em território nacional, o lançamento será faseado, sendo que, neste momento, já são três os vinhos que estão no mercado com a nova imagem: o Altano Tinto 2016, o Altano Bio 2016 e o Altano Reserva 2016. A estes, irão juntar-se brevemente o Altano Branco 2017 e o Altano Reserva Tinto 2015.

Vinhos Altano são distinguidos internacionalmente

Os vinhos Altano são produzidos a partir de uma seleção cuidada de mais de mil hectares de vinha da família Symington localizada em vários pontos do vale do Douro. Atualmente, a Altano está presente em cerca de 30 países, como Angola, Bélgica, Canadá, Reino Unido, Holanda, Polónia ou Brasil, que se assumem como mercados estratégicos para a expansão da marca.

A Altano apresenta cinco vinhos dentro da sua gama – Branco, Tinto, Reserva Tinto, Reserva Branco (lançado recentemente) e Biológico – que, nos últimos anos, têm vindo a ser distinguidos pela imprensa especializada nacional e internacional, como a Wine Spectator, Decanter World Wine Award ou Vini Portugal. Destaque para a distinção de Jancis Robinson, reputada crítica de vinhos, ao Altano Orgânico DOC Douro 2014 como “Vinho da Semana”.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Comentários fechados.

Powered by themekiller.com