Sever do Vouga: Achados arqueológicos do Rodo regressaram a Couto de Esteves

0

Os achados arqueológicos, descobertos durante a construção do Aproveitamento Hidroelétrico de Ribeiradio-Ermida, regressaram à freguesia de Couto de Esteves. As mais de 20 mil peças, que datam o Paleolítico Superior, foram acolhidas no âmbito da criação da Reserva Municipal de Arqueologia, que se encontra em fase de instalação no edifício do Centro Escolar de Couto de Esteves.

Após o estudo pela empresa Arqueologia e Património, custeado pela EDP Produção, os materiais do sítio arqueológico do Rodo, em Couto de Esteves, regressaram à freguesia onde foram encontrados. Ao todo, 107 contentores, com mais de 20 mil peças, na sua maioria feitas pelo homem, sendo as restantes pedras de estruturas, amostras e termoclastos (pedras base das lareiras), encontram-se agora depositados na Reserva Municipal de Arqueologia, criada em articulação com a Direção Geral do Património Cultural e a Direção Regional de Cultura do Centro.

Para o vice-presidente da Câmara Municipal de Sever do Vouga, Almeida e Costa, com a criação da Reserva Municipal de Arqueologia, “Sever do Vouga dá um importante passo na salvaguarda e preservação do património cultural e, em especial, o arqueológico, integrado numa estratégia adequada no que diz respeito à recolha, estudo e conservação da informação arqueológica, fundamental para o conhecimento da história concelhia”.

Integrada no Museu Municipal de Sever do Vouga, a Reserva “tem como missão o depósito de materiais arqueológicos provenientes de sítios arqueológicos do concelho de Sever do Vouga; bem como o seu tratamento, organização, preservação e disponibilização a todos os utilizadores para o desenvolvimento das suas actividades profissionais ou de investigação”, explica Pedro Nóbrega, técnico responsável pelo Museu Municipal de Sever do Vouga. Além do depósito de materiais arqueológicos, será criado um espaço para acolher investigadores para o estudo dos materiais e, ainda, um espaço para exposição.

A partir de agora, todos os materiais recolhidos em escavações arqueológicas (anteriores e futuras) serão depositados na Reserva Municipal de Arqueologia, estando já o Museu Municipal em contacto com os investigadores das Universidades de Lisboa e Coimbra que ali irão desenvolver as suas investigações.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Comentários fechados.

Powered by themekiller.com