Município de Viseu vai investir 4,5 milhões de euros no sistema de águas

0

A Câmara Municipal de Viseu aprovou dois investimentos estruturantes no sistema de abastecimento e tratamento de águas, avaliado em 4,5 milhões de euros.

Em causa está o concurso público para a execução da obra de ampliação da cisterna e da estação elevatória da ETA de Fagilde, que permitirá aumentar a capacidade de tratamento, bombagem e armazenamento de água no sistema, que deverá traduzir um investimento de 3,4 milhões de euros.

Por outro lado, o Município viabilizou ainda o concurso para a construção de um sistema de tratamento de lamas na ETA de Fagilde, que permitirá qualificar o desempenho ambiental do equipamento e concluir a sua adaptação às normas legais em vigor. A iniciativa representa um investimento na ordem dos 1,1 milhões de euros.

Ambos os investimentos serão conduzidos pela Águas de Viseu – Serviços Municipalizados.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, “estas decisões preparam melhor o sistema da Águas de Viseu para o futuro, qualificando o seu desempenho e eficiência. Precisamos de ter um sistema cada vez mais à altura das exigências do momento: eficiente, económico e bem dimensionado”.

A Câmara deliberou ainda a aprovação de um conjunto de serviços de abastecimento de água, através de camiões-cisterna, no quadro do plano de contingência da seca severa, num valor superior a 350 mil euros.

Nesta reunião foi ainda aprovado um acordo de cooperação com a Associação Comercial do Distrito de Viseu, tendo em vista a instalação de um sistema de iluminação de Natal na cidade, com os objetivos de animação do urbanismo comercial e de promoção de Viseu enquanto destino turístico, cultural e de compras.

O apoio municipal ascende a 75 mil euros e permite instalar iluminações decorativas – quase exclusivamente originais – em seis praças e largos e oito artérias do coração da cidade, em todas as igrejas, no Mercado 2 de Maio e nas três principais entradas de acesso ao centro urbano.

Ao todo, o projeto inclui 380 peças decorativas e 300 mil lâmpadas.

“Fazemos uma aposta consciente na promoção do comércio tradicional da cidade de Viseu e na sua atratividade enquanto destino”, sublinhou o Presidente da Câmara. “Em 2017 prosseguimos este esforço de colocar Viseu no mapa do país na quadra de Natal e passagem de ano.”

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com