Lavradores de Feitoria dá as boas-vindas a 2018 com aposta nos Açore

0

Do Douro para mergulhar no Oceano Atlântico, a Lavradores de Feitoria está apostada em investir nos Açores. Assim, dá as boas-vindas a 2018 e enceta parceria com a ReprAçores, agente local da Vinicom, empresa a quem o produtor duriense confia a distribuição dos seus vinhos das marcas ‘Lavradores de Feitoria’, ‘Três Bagos’, ‘Meruge’ e ‘Quinta da Costa das Aguaneiras’, que vão agora chegar ao palato dos açorianos e, também, a quem escolhe este arquipélago português para uma estada relaxada. Portanto, nada melhor do que fazê-lo em boa companhia, a de um bom vinho, sobretudo de quem é apreciador do ramalhete vínico deste projecto único.

A forte adesão ao turismo nos Açores é visto pela Lavradores de Feitoria como uma oportunidade de negócio, ainda mais quando este produtor tem “nas mãos” um portefólio que permite chegar a públicos e a momentos de consumo diferenciados. O branco, o rosé e o tinto da marca ‘Lavradores de Feitoria’ são vinhos jovens e frescos, ideais para aperitivo ou para acompanhar uma refeição mais leve. A marca ‘Três Bagos’, pela polivalência das suas referências – ‘branco’, ‘Sauvignon Blanc’, ‘Reserva tinto’, ‘Grande Escolha tinto’, ‘Grande Escolha Estágio Prolongado tinto’ e ‘Colheita Tardia’ –, é considerada a “todo-o-terreno” do portefólio. Os ‘Meruge’, branco e tinto, estarão à altura de um ‘Cozido da Lagoa das Furnas’, ao passo que a ‘Quinta da Costa das Aguaneiras’ combinará na perfeição com ‘Alcatra’, prato típico da ilha Terceira.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com