Feira Nacional do Mirtilo: dinâmica vai além dos quatro dias

0

O Parque Urbano da Vila de Sever do Vouga volta a acolher, entre os dias 28 de Junho e 1 de Julho, mais uma edição da Feira Nacional do Mirtilo. Esta é a 11.ª edição de um evento, cuja dinâmica ultrapassou as datas de realização do certame. Uma aposta da Câmara Municipal de Sever do Vouga no desenvolvimento sustentável do território, com forte impacto no turismo.

Desde a sua primeira edição, a Feira Nacional do Mirtilo percorreu um longo caminho de promoção e divulgação do pequeno fruto de bagas azuis. Em 2008, ano do arranque da iniciativa, cerca de 12 mil pessoas passaram por Sever do Vouga. Nos últimos anos, o número de pessoas que visitam a “Capital do Mirtilo” quadruplicou.

Para a Câmara Municipal de Sever do Vouga, a Feira Nacional do Mirtilo é uma oportunidade para promover também o território e as suas potencialidades. “As pessoas vêm pelo mirtilo e têm acesso a um conjunto de atividades que proporcionam a descoberta do concelho, contribuindo para a promoção do turismo”, explica o vice-presidente da autarquia severense, Almeida e Costa.

Única no país a divulgar o mirtilo, a feira é um produto diferenciador capaz de contribuir para o desenvolvimento sustentável do território. “Com a feira, vimos surgir no concelho uma nova dinâmica – reforçada ano após ano – que vai além dos quatro dias do evento. Temos trabalhado de uma forma sustentada para que a feira seja o culminar de uma estratégia que se desenvolve ao longo do ano”, afirma Almeida e Costa, destacando a bolsa de terras, com o aproveitamento dos campos abandonados e consequente ordenamento do território, como um dos exemplos de promoção e divulgação do mirtilo.

O vice-presidente destaca ainda o papel aglutinador do evento que reúne os agentes locais e mobiliza a comunidade, muitas vezes desafiando-a. “O mirtilo inspira as pessoas e temos assistido ao nascimento não só de novos negócios, mas também produtos. Recordo-me da sopa e rissóis de mirtilo, mas também o gelado, uma sobremesa que já faz parte das ementas de alguns restaurantes do nosso concelho. Recentemente, apoiamos a produção do gin de mirtilo, uma novidade que os visitantes vão poder experimentar na feira”, adianta Almeida e Costa, sublinhando que “toda esta dinâmica contribui de forma decisiva para a projeção turística de Sever do Vouga enquanto Capital do Mirtilo”.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Comentários fechados.

Powered by themekiller.com