Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 27 Março a 2 Abril 2017

0

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

As cotações médias nacionais dos novilhos e novilhas de 12-18 meses, de raça Turina e cruzado de Charolês, pautaram-se pela manutenção em relação à semana anterior.

No Entre Douro e Minho a oferta e a procura de bovinos foram médias e equilibradas. Mantêm-se as trocas com o mercado externo, nomeadamente com Espanha, registando-se principalmente a entrada de carne a preços inferiores e a saída de vacas. Estabilidade de cotações nas duas áreas de mercado, Entre Douro e Minho e Ribadouro.

Na Beira Litoral a oferta e a procura de bovinos foram muito fracas. A oferta de novilhos/as continua escassa e revela-se insuficiente, apesar da fraca procura. No que se refere às cotações, não se registaram quaisquer alterações em relação à semana anterior nas três áreas de mercado, Aveiro, Coimbra e Viseu.

Na Beira Interior a oferta de bovinos foi relativamente abundante e a procura foi média. Estabilidade generalizada de cotações.

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta bovinos foi muito fraca e a procura foi fraca. A oferta e a procura estiveram equilibradas e as cotações estáveis.

No Alentejo a oferta de bovinos foi média em todas as áreas de mercado, com excepção de Évora, em que foi relativamente fraca; a procura foi relativamente animada em Évora e no Alentejo Litoral e média nas restantes áreas. Em Évora existiu um aumento nos vitelos/as de 6 a 8 meses e em Beja verificou-se uma descida nos vitelos/as de 6 a 8 meses, animais cruzado de Charolês.

A tendência da Bolsa do Bovino foi de manutenção de cotações em todas as categorias.

cotações bovinos 2 abril

Agricultura e Mar Actual

2017-04-03 CarlosCaldeiraLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com