Caves Cockburn’s vencem prémio do Best of Wine Tourism 2019

0

As Caves da Cockburn’s – maiores Caves de Vinho do Porto da zona histórica de Vila Nova de Gaia geridas pela Symington Family Estates – acabam de receber o prémio Best of Wine Tourism 2019 na categoria “Arte e Cultura” da região do Porto. Promovido pela organização Great Wine Capitals Global Network, o concurso pretende promover o Enoturismo e a sua excelência em várias cidades que têm importantes áreas vinícolas. Esta é a quarta vez que a Symington arrecada este galardão, sendo que os anteriores espaços premiados foram o Vinum (2014, “Restaurantes Vínicos”), as Caves da Graham’s (2015, “Experiências Inovadoras em Enoturismo”) e a Quinta do Bomfim (2017, Vencedor Global).

“As Caves da Cockburn’s não protegem apenas o património arquitetónico e cultural inestimável, mas também se dedicam a preservar e promover a arte da tanoaria. Estas são as únicas Caves de Vinho do Porto que mantêm uma oficina totalmente equipada e operacional em Vila Nova de Gaia, mantendo as mesmas técnicas de sempre”, refere Ana Rodrigues, responsável de Enoturismo da Symington. “A Cockburn’s está a fazer a sua parte para manter as artes milenares e para proteger a história do Vinho do Porto, tendo um museu que percorre mais de dois séculos de história com documentos originais das famílias que fizeram esta Casa”, conclui a responsável.

Depois de um investimento de 1,2 milhões de euros, as Caves da Cockburn’s reabriram em julho do ano passado. São as maiores na zona histórica da cidade, sendo que comportam 6. 518 pipas de Vinho do Porto em estágio, para além do equivalente a 10.056 pipas em balseiros. Este stock, de enorme valor, é essencial para a criação de grandes vinhos e, em particular, o famoso Special Reserve da Cockburn’s. Até ao momento, o espaço já recebeu mais de 33 mil visitantes. Os turistas franceses são aqueles que mais visitam o espaço seguidos pelos espanhóis e visitantes do Reino Unido. Este ano, o centro de visitas esteve incluído no roteiro do Open House Porto, tendo promovido uma visita guiada inclusiva para o público cego e surdo.

O Best of Wine Tourism é composto por um júri internacional de 10 elementos que, depois de avaliar todas as candidaturas, apura os finalistas em sete categorias nas diferentes regiões: Alojamento; Restaurantes Vínicos; Arquitetura e Paisagem; Arte e Cultura; Experiências Inovadoras; Serviços de Enoturismo; e Práticas Sustentáveis. Hoje, na Austrália, vão reunir-se todos os delegados das grandes capitais mundiais de vinho (Adelaide, Bilbao, Bordeaux, Lausanne, Mainz, Mendoza, Porto, San Francisco, Valparaíso e Verona) que compõem a Great Wine Capitals Global Network para deliberarem o Vencedor Global.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Comentários fechados.

Powered by themekiller.com