Câmara Municipal apoia os produtores de castanha

0

O Presidente da Câmara Municipal de Armamar, João Paulo Fonseca, visitou esta manhã um souto de castanheiros na parte sul do município para entregar, de forma simbólica, um lote de parasitoides para o combate à praga da vespa das galhas do castanheiro.

A Autarquia, seguindo uma política de apoio à atividade agrícola motor da economia do município, ajudou com a aquisição de 8 lotes de insetos para outras tantas largadas em zonas críticas identificadas, investimento que rondou os 2 mil e quinhentos euros.

Em Armamar a produção de castanha é um dos vetores da atividade agrícola. Na parte sul do município existem vários soutos, uns mais velhos e outros mais recentes, que representam uma importante fonte de rendimento para os agricultores. Daí a preocupação da Autarquia em prestar auxílio, sensibilizando também para a adoção de novas formas de combate às doenças e pragas.

Esta luta biológica consiste em largar nos castanheiros insetos parasitóides, Torymus sinensis, que se vão alimentar das larvas das vespas alojadas nas galhas, a parte da árvore responsável pelo seu crescimento e frutificação.

Esta praga, que afeta muito a produção da castanha, foi identificada pela primeira vez em Portugal em 2014 na região do Minho e, um ano depois, era já motivo de preocupação na região transmontana. Está atualmente em curso um Plano de Ação Nacional, sob a orientação do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, para controlo desta praga.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Comentários fechados.

Powered by themekiller.com