Calçado português seduz estrangeiros. Exportações chegam aos 960 M€ em Junho

0

O calçado português continua a seduzir os estrangeiros. Portugal exportou, no primeiro semestre de 2017, 43 milhões de pares de calçado, no valor de 960 milhões de euros, um crescimento de 6,3% face a Junho do ano passado. O sector caminha para novo máximo histórico. O calçado português exporta mais de 95% da sua produção para 152 países, nos cinco continentes.

A confirmar-se esta tendência até final do ano, este será o oitavo ano de crescimento do calçado português nos mercados externos. Ao que tudo indica, em 2017 as exportações portuguesas de calçado deverão registar um novo máximo histórico, refere fonte da APICCAPS – Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos.

Desde 2009, as vendas de calçado português nos mercados internacionais aumentaram sensivelmente 60%, passando de 1.200 milhões para praticamente 1.950 milhões de euros no final do último ano.

Saldo positivo com Itália

De Janeiro a Junho de 2017, o calçado português cresceu em praticamente todos os mercados relevantes. Na União Europeia, assinala-se um acréscimo de 5,2%, fruto dos bons desempenhos em países como França (mais 4% para 202 milhões de euros), Holanda (mais 6% para 136 milhões de euros), e Alemanha (mais 8% para 181 milhões de euros). Para Itália as exportações ascenderam a 27 milhões de euros, enquanto as importações ficaram pelos 24 milhões, resultando num saldo comercial positivo de 3 milhões de euros.

Fora do espaço europeu, destaque para os crescimentos nos Estados Unidos (mais 7% para 35 milhões de euros), Rússia (mais 32% para 13 milhões de euros), Canadá (crescimento de 30% para 12 milhões de euros), Angola (mais 126% para 11 milhões de euros) e Japão (aumento de 6% para 11 milhões de euros).

Agricultura e Mar Actual

APICCAPS Calçado Exportações 2017-09-15CarlosCaldeiraLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com