Caça é “estrela” de mostra gastronómica em Mora a partir de sábado

0
????????????????????????????????????

Os pratos à base de carne de caça vão ser as “estrelas” de uma mostra gastronómica em Mora, no Alentejo, a partir de sábado e até 10 de dezembro, com a adesão de 10 restaurantes do concelho.

A Mostra Gastronómica da Caça, um evento anual promovido pela Câmara de Mora, no distrito de Évora, já vai na 22.ª edição e tem como objetivo dar a conhecer as potencialidades cinegéticas e gastronómicas do concelho alentejano.

“O melhor da gastronomia de caça alentejana” vai poder ser degustado durante a iniciativa, que este ano conta com 10 restaurantes aderentes, que vão ter as ementas “recheadas” de pratos à base de pombo, lebre, pato, perdiz, javali ou veado, segundo divulgou hoje o município.

O “apetite” de habitantes e turistas vai ser “aguçado” por mais de 50 receitas com carne de caça, como sopa da panela de pombo bravo, patê de coelho, veado com feijão branco, no forno com migas de batata ou com castanhas assadas, coelho com cerveja e alecrim, ensopado de lebre, açorda de perdiz ou javali e faisão à Solar.

Continuar a ler

Coelho bravo em vinho tinto da talha, perdiz de escabeche, pombo na brasa, folhado de pato bravo com queijo de cabra, lombo de veado com cogumelos selvagens e medronhos, peito de pato com molho de marmelos e ensopado de javali são outras das “iguarias” disponíveis.

Dos restaurantes aderentes, de acordo com a câmara, constam quatro em Mora, outros tantos em Cabeção, um em Brotas e um em Pavia.

A mostra gastronómica, tal como é habitual todos os anos, vai arrancar, no sábado à noite, na Quinta de Santo António, com um jantar destinado a cerca de 300 participantes, que poderão provar inúmeros pratos de caça, “todos disponíveis posteriormente”, durante o certame.

“São já 22 anos em que a Câmara de Mora e os restaurantes aderentes oferecem a oportunidade de provar iguarias de caça, confecionadas de todas as formas e feitios, numa iniciativa que já faz parte da tradição gastronómica desta região”, assinalou a autarquia.

Fonte: Sapo.pt

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com