Boticas promove acções de combate à vespa das galhas do castanheiro

0

Atento ao aumento dos casos reportados no concelho, e procurando garantir um combate eficaz à vespa das galhas do castanheiro, uma das pragas mais prejudiciais para os castanheiros em todo o mundo, o Município de Boticas procedeu no final da semana passada à largada do insecto parasita “Torymus sinensis” nas freguesias de Ardãos e Bobadela e de Beça.

Estes insectos alimentam-se das larvas que estão nas árvores e são capazes de exterminar a vespa. Estão a ser utilizados um pouco por todo o mundo, sendo considerados como o combate mais eficaz, não causando qualquer impacto em termos ambientais nem na biodiversidade, já que apenas atacam as larvas da vespa do castanheiro, sendo completamente seguros para as abelhas e outros insectos. Esta acção foi realizada contando com a colaboração da REFCAST (Associação Portuguesa da Castanha),

O Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, garante que “o Município de Boticas continua bem atento à evolução desta praga e está a tomar as medidas mais adequadas no seu combate. Embora a produção de castanha não tenha grande peso económico no concelho é muito importante na região e se combatermos eficazmente esta praga garantimos que ela não irá alastrar para concelhos vizinhos, procurando reduzir os prejuízos dos agricultores da região”.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Comentários fechados.

Powered by themekiller.com