Apresentação da Campanha Europeia de promoção ao consumo de carne de coelho

0

O Setor da Cunicultura está a viver uma crise sem precedentes em toda a Europa, prevendo-se que possa desaparecer em poucos anos se não houver uma política comunitária de sensibilização para o consumo da carne de coelho.

Só na Península Ibérica, a produção deste alimento caiu 14% em pouco mais de 10 anos, tendo passado de 78 100 toneladas/ano para 65 600 toneladas/ano. Este declínio resulta exclusivamente de uma quebra constante do consumo da carne de coelho que o setor não tem conseguido contrariar.

Ciente do risco de extinção desta atividade e das nefastas consequências económicas e sociais que daí advêm, a União Europeia foi sensível aos pedidos de apoio da ASPOC – Associação Portuguesa de Cunicultura e da INTERCUN – Organizacion Interprofisional Cunicola e aceitou financiar uma campanha de sensibilização para o consumo da carne de coelho na Península Ibérica nos próximos 3 anos.

Em Portugal, onde a carne de coelho ocupava tradicionalmente um lugar de destaque na dieta alimentar, a campanha arranca na próxima quinta-feira, dia 28 de junho, decorrendo o lançamento oficial na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, na presença do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, da Secretária-geral da Associação Portuguesa de Nutrição, Helena Real, e dos membros da direção da ASPOC, entre outros convidados. O Chef Hélio Loureiro e a filha, Bárbara Loureiro, orientarão o showcooking de lançamento desta iniciativa, num claro apelo à necessidade de passagem de testemunho geracional desta tradição da dieta mediterrânica.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Comentários fechados.

Powered by themekiller.com