Açores: Tartaruga devolvida ao meio natural em Santa Maria

0

Os serviços do Parque Natural de Santa Maria, nos Açores, promoveram sexta-feira, 19 de Maio, a devolução ao meio natural de uma tartaruga-boba (Caretta Caretta), depois de ter estado vários dias em tratamento e recuperação. A tartaruga foi encontrada a 12 de Maio, por um particular, na Praia de Lobos, presa a uma arte de pesca, tendo sido entregue aos cuidados do Parque Natural de Santa Maria.

Segundo um comunicado do Governo Regional dos Açores, o animal, com 38 centímetros e 5,5 quilos, apresentava sinais de elevada desidratação, bem como a amputação e necrose da barbatana dianteira esquerda e diversos ferimentos provocados pela rede de pesca.

O perigo da poluição

Durante o período de recuperação, que contou com a colaboração do Clube Naval e do Serviço de Desenvolvimento Agrário de Santa Maria, a tartaruga esteve sujeita a alimentação induzida e a sessões de natação, tendo readquirido sinais de actividade que permitiram o seu retorno ao mar.

A poluição marinha, incluindo as artes de pesca abandonadas, é uma das principais causas de morte de animais marinhos, seja pela ingestão de plásticos que provocam a falsa alimentação ou a sua asfixia, seja pelo aprisionamento do animal, impedindo-o de se alimentar ou de respirar, como sucedeu neste caso.

Agricultura e Mar Actual

Açores Tartarugas Marinhas 2017-05-20 João BorgesLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com