11.ª ObservaNatura em Setúbal

0

De passeios de barco para observação de aves e golfinhos a visitas guiadas, caminhadas, concursos, música e debates, a maior feira de turismo da natureza de Setúbal garante dezenas de atividades para toda a família nos dias 9 e 10.

Com actividades centradas no cais 3 do porto de Setúbal, mas também na Herdade da Mourisca, na Casa da Baía, no rio Sado, no Parque Urbano de Albarquel e em Troia, o ObservaNatura proporciona mais de trinta actividades dedicadas ao turismo de natureza.

Voltado para o turismo ornitológico, uma modalidade do turismo de natureza com destaque para a observação de todo o tipo de aves, em estado puro, com recurso a binóculos ou a telescópios de campo, o evento pretende ainda dar a conhecer o património do Parque Natural da Arrábida e da Reserva Natural do Estuário do Sado.

Nesta 11.ª edição, o ObservaNatura, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e pela TroiaNatura, desenvolve passeios, workshops, ateliers para crianças, palestras, minicursos, sessões de anilhagem e inúmeras actividades de educação ambiental.

Uma feira instalada no cais 3 do porto de Setúbal, aberta ao público, promove um encontro entre mais de duas centenas de empresas de turismo de natureza e de animação, associações e organismos públicos, além de produtores locais, com vinhos da região, doçaria, conservas, ostras e artesanato.

Um dos momentos altos do fim de semana, de 9 e 10, é a possibilidade de contemplação de aves emblemáticas do Estuário do Sado, destino privilegiado e considerado um paraíso para a observação de diversas espécies, atraindo todos os anos praticantes nacionais e estrangeiros de birdwatching.

Nos dois dias de evento, o público tem então a possibilidade de admirar flamingos, águias-pesqueiras, pernilongos, colhereiros e garças, em passeios de barco, com a duração de uma hora e um custo de 15 euros para adultos, dez euros para jovens dos 11 aos 15 anos e cinco para crianças dos seis aos 10 anos.

Com partidas de hora a hora, entre as 11h00 e as 15h00, no porto palafita junto do Moinho da Maré da Mourisca, os passeios a bordo da embarcação tradicional Mirasado têm reservas disponíveis através do endereço info@mirasado.com ou do telefone 910 723 964.

Nos dias 9 e 10, entre as 11h00 e as 12h30, o público pode também descobrir as aves das salinas e do estuário através de um passeio de dificuldade baixa, orientado pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves. Para participar, basta inscrever-se, gratuitamente, através do 213 220 430 ou do endereço spea@spea.pt.

Há ainda, a 9, às 14h00, um passeio realizado numa viatura de oito lugares para visita ao Moinho de Maré da Mourisca e para observação de aves, com ponto de encontro no cais 3 do porto de Setúbal. As inscrições custam 15 euros e podem ser feitas pelo 938 122 190 ou do rotasdosal@gmail.com.

Outro dos destaques do evento vão para os passeios de observação de golfinhos na baía de Setúbal, realizados em ambos os dias e com preços diferentes consoante o operador turístico.

No âmbito das actividades do ObservaNatura, o público pode também visitar o Centro Interpretativo do Roaz do Estuário do Sado, a funcionar na Casa da Baía. O transporte é gratuito e efectua-se através de um comboio turístico que sai do cais 3 do porto de Setúbal no dia 9 às 15h00 e a 10 a partir das 16h00.

A programação da ObservaNatura prevê também uma visita guiada por um arqueólogo às ruínas de Tróia, onde funcionava o maior centro industrial de salga de peixe do império romano. De participação gratuita, a actividade realiza-se no dia 9, às 16h00.

Mais informações podem ser obtidas através do endereço arqueologia@troiaresort.pt ou do telefone 939 031 936.

A 11.ª edição do ObservaNatura aposta, à semelhança dos anos anteriores, em ateliers pedagógicos e sempre em contacto com a natureza, num espaço próprio, instalado no cais 3 do porto de Setúbal, onde as crianças podem desenvolver actividades de pintura, modelagem e colagem de materiais reciclados ou assistir a teatro de fantoches e a horas do conto.

Um dos momentos altos da programação para os mais novos é a atividade “Endemismos Lendários”, jogo desenvolvido no âmbito do projeto Lendas & Biodiversidade, da ilha do Príncipe, com o apoio da Sociedade Portuguesa de Entomologia.

Esta sessão realiza-se entre as 15h00 e as 18h00 de dia 9, no stand da Sociedade Portuguesa de Entomologia, instalado no cais 3 do porto de Setúbal, onde, no dia seguinte, à mesma hora, decorre o jogo de tabuleiro “Vamos aprender com jogos com insetos?”

Também mantendo a aposta das edições anteriores, o ObservaNatura deste ano volta a contar, no dia 10, das 08h30 às 12h30, na Herdade da Mourisca, com uma sessão de anilhagem de aves, uma das ferramentas mais utilizadas para estudar as migrações. As inscrições devem feitas até dia 7 através do gce@icnf.pt.

No Parque Natural da Arrábida estão previstas uma tour através da observação paisagística desde o topo da serra e do forte de São Filipe, nos dias 9 e 10, com reservas pelo telefone 917 158 168, e uma subida ao Formosinho, a 10, com a duração de cinco horas e inscrições através de www.biotrails.pt ou de 914 760 638.

O ObservaNatura inclui, a 9, entre as 10h00 e as 18h00, sessões de stand up paddle dirigidas a grupos de quatro a oito pessoas, com saídas a partir do Parque Urbano de Albarquel. As inscrições custam 7,5 euros e devem ser formalizadas através do endereço geral@zarpa.pt ou do telefone 915 421 259.

Já no ciclo de debates e palestras, a realizar no cais 3 do porto de Setúbal, tanto se pode saber mais sobre programas de monitorização de avifauna e espécies de serpentes presentes no território nacional, como conversar sobre a defesa da floresta contra incêndios ou sobre experiências sustentáveis.

O evento de turismo de natureza reserva, ainda, para o dia 9, entre as 16h00 e as 19h00, um minicurso de fotografia de vida selvagem, organizado por Diogo Oliveira Photography.

O ObservaNatura conta com as parcerias de Associação Baía de Setúbal, Porto de Setúbal, TroiaCruze, Transportes Luísa Todi, Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, Oceanário de Lisboa, Fundação Oceano Azul, Biotrails, Vertigem Azul, Sado Emotion, Nature Affairs, Rotas do Sal, Zarpa, Dolphin Bay e Mirasado.

O conteúdo 11.ª ObservaNatura em Setúbal aparece primeiro em GazetaRural.

Ler Artigo Original
Fonte: Gazeta Rural

Partilhar

Sobre o autor

Comentários fechados.

Powered by themekiller.com