Surf leva 1.200 atletas e acompanhantes aos Açores em Setembro

0

Surf leva 1.200 atletas e acompanhantes aos Açores em Setembro

Os eventos de surf, Azores Airlines Pro e o Vissla World Juniors Championship, deverã levar cerca de 1.200 atletas e acompanhantes aos Açores durante o mês de Setembro. O secretário Regional do Turismo e Transportes açoriano afirmou, em S. Miguel, que os eventos de surf são “estratégicos para a Região”, permitindo “evidenciar os Açores não só como um destino de surf, mas como um destino de desportos de natureza”, onde os visitantes podem “desfrutar de momentos únicos”. “Em termos de retorno directo estamos sempre a falar ao nível de alojamento, ‘rent a cars’ e alimentação, de cerca de 1,6 milhões de euros, para além disso há sempre o retorno em termos de promoção junto dos principais mercados emissores”, afirmou Vítor Fraga.

O governante Regional frisou, por isso, que o Azores Airlines Pro e o Vissla World Junior Championships “respondem claramente as orientações estratégicas do Governo relativamente ao apoio e à promoção de eventos desta dimensão na Região”.

“Por um lado, contribuem de uma forma activa para a captação de fluxos turísticos e, por outro, contribuem para a promoção da Região junto dos principais mercados emissores”, salientou.

O secretário Regional, que falava na apresentação dos dois eventos desportivos, adiantou que o Azores Airlines Pro envolve a presença de cerca de 400 pessoas, entre atletas e acompanhantes, enquanto o Vissla World Juniors Championship traz aos Açores cerca de 800 pessoas, entre atletas e respectivas comitivas, “o que dá bem mostra da capacidade que este tipo de eventos tem na captação de fluxos para a Região”.

Relativamente à promoção do destino, e concretamente em relação ao Azores Airlines Pro, Vítor Fraga salientou que são “mais de 38 horas de emissão televisiva através da Sport TV para o mercado nacional, de emissão ao vivo na Time Warner nos EUA, Canadá e Hawai, permitindo atingir mais de 42 milhões de lares, bem como da transmissão televisiva para a Austrália e para o Brasil, através da ESPN, e também ao nível do online, da transmissão na Internet, através do site da WSL, que tem um potencial de atingir oito milhões de espetadores, bem como de 4,5 milhões através das redes sociais”.

“Aposta clara” dos Açores

Em relação ao Vissla World Juniors Championship, o titular da pasta do Turismo lembrou o “desafio e a aposta clara a que o Governo dos Açores se lançou”.

“Quando nos foi apresentada a possibilidade de esta prova se realizar na nossa Região, havia também a possibilidade de o surf ser considerada uma modalidade olímpica, não havendo contudo a certeza de isso acontecer. Arriscámos, fazendo fé naquilo em que acreditamos para a nossa Região, e também tirando partido do bom relacionamento que temos com as várias entidades, quer públicas, quer privadas, resolvemos apostar nesta prova”, afirmou.

“Estarão entre nós cerca de 40 países e muitos dos atletas que agora nos visitarão estarão a disputar as medalhas nos próximos Jogos Olímpicos. Isto naturalmente dá-nos uma projecção e uma promoção junto dos seus países que acreditamos ser muito positiva, quer em termos da promoção da Região como destino de surf, como também para a captação directa de fluxos turísticos”, salientou o secretário Regional.

Azores Airlines de 6 a 11 de Setembro

Este ano, o Azores Airlines Pro presented by Sumol atrai para a ilha de São Miguel mais de duas centenas de surfistas profissionais, para competirem na oitava edição deste evento, entre os dias 6 e 11 de Setembro, nas ondas da Ribeira Grande.

Todos os surfistas que têm como objectivo a entrada na elite mundial estarão presentes, com destaque para os líderes do ranking mundial de qualificação – o jovem italiano Leonardo Fioravanti (ex-campeão europeu júnior), os australianos Ethan Ewing e Connor O’Leary, o francês Joan Duru e os brasileiros Deivid Silva e Bino Lopes.

Outros atletas merecedores de atenção serão seguramente os havaianos Ezekiel Lau e Dusty Payne, os americanos Patrick Gudauskas e Evan Geiselman, ou os brasileiros Jesse Mendes, Messias Félix, Willian Cardoso e Thomas Hermes, quatro ex-vencedores da prova açoriana.

Entre estes atletas estão também inscritos mais de 20 surfistas portugueses, com os destaques a irem obviamente para os mais assíduos no circuito mundial – Frederico Morais (que este ano já venceu uma etapa), Pedro Henrique, Vasco Ribeiro, José Ferreira, Miguel Blanco, Nicolau Von Rupp, Tomás Fernandes, Marlon Lipke, Teresa Bonvalot, Carol Henrique (acabada de se sagrar campeã nacional) e Camilla Kemp, que se juntam a algumas atletas internacionais de peso no regresso da prova feminina a esta etapa.

Com 150.000 dólares de prize-money para a prova masculina e 15.000 dólares para a feminina, esta é também uma prova de extrema importância para o forte contingente português, uma vez que será igualmente a penúltima etapa a contar para a atribuição dos títulos europeus.

O Azores Airlines Pro 2016 presented by Sumol é organizado pela DAAZ Eventos e pela Associação Atlantic Action Sports, conta com o patrocínio da Azores Airlines, do Turismo dos Açores, Câmara Municipal da Ribeira Grande, Sumol, Seat, Meo e Transinsular, contando ainda com a Sport.TV como canal oficial para a sua transmissão em directo, a Mega Hits como rádio oficial, a RTP, Surf Portugal, OnFire, Surf Total, MagicSeaWeed e Puro Feeling como media partners e a Federação Portuguesa de Surf como apoio oficial.

Os VISSLA ISA World Junior Surfing Championship 2016 irão realizar-se entre 17 e 24 de Setembro, com o palco a ser a praia do Monte Verde, Ribeira Grande, na Ilha de São Miguel.

Agricultura e Mar Actual

Açores Azores Airlines Pro Surf Vissla World Juniors Championship 2016-09-03 Ana Cordeiro de SáLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com