Se é amante de vinho, atenção: Ele pode faltar até ao próximo ano

0

A produtividade da indústria mundial deverá ser este ano uma das piores do século. Os eventos meteorológicos provocados pelo aquecimento global são os grandes inimigos dos produtores.

O famoso copo de vinho diário que contribui para a saúde e ajuda a retardar o envelhecimento vai passar a ser mais pesado para os amantes de todo o mundo.

Segundo os dados da Organização Internacional do Vinho e da Vinha, a produção do néctar das uvas vai cair 5% este ano em relação a 2015, confirmando um dos piores anos de produção do século atual; em Portugal, a queda esperada é de 20%, ainda pior do que em vários mercados importantes como a Argentina, o Chile, a África do Sul e a França.

De acordo com a CNN, as mudanças climatéricas trouxeram tempestades mais intensas e duradouras, que acabaram por comprometer a produção: furacões como o famoso El Niño provocaram mais estragos do que o habitual e as mudanças repentinas de temperatura acabaram por limitar a maturação.

Espera-se que a produção de 2016 não seja suficiente para satisfazer a procura mundial, podendo originar subidas de preços ou até a escassez de vinho em alguns territórios.

Fonte: Notícias ao Minuto

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com