Redução do IVA da restauração sem impacto sobre os preços finais

0

Redução do IVA da restauração sem impacto sobre os preços finais

A tendência de subida dos preços acentuou-se em Agosto, com a taxa de inflação a situar-se em 0,7%, em termos homólogos. De salientar que o maior contributo para esta evolução decorreu do aumento dos preços dos bens alimentares, o que se reflectiu na subida da “nossa taxa de inflação de sobrevivência”, refere uma nota de análise do Millennium bcp.

O segundo maior contributo adveio da rubrica de restaurantes e hotéis, indiciando que “a redução do IVA da restauração não deverá ter tido impacto material sobre os preços finais”, afirma a analista Márcia Rodrigues.

Refira-se que o agregado relativo aos produtos alimentares não transformados registou uma variação homóloga de 4,1% em Agosto (3,3% em Julho), enquanto o índice referente aos produtos energéticos apresentou uma taxa de variação menos negativa, passando de -4,3% em Julho para -2,7% em Agosto, segundo os dados publicados hoje, 12 de Setembro, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Agricultura e Mar Actual

Inflação IVA Millennium BCP Restauração 2016-09-12 CarlosCaldeiraLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com