Produtores de azeite alarmados. Capoulas nega alterações nos critérios às candidaturas ao PDR

0

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, esteve hoje na abertura do seminário “O sector do Azeite em Portugal – crescimento e competitividade”, organizado pela Casa do Azeite. E ficou surpreendido com a referência, por parte de produtores, de que a alteração dos critérios das candidaturas aos apoios do PDR 2020 colocariam o sector em causa.

“Fiquei surpreendido com a referência de que uma hipotética alteração de critérios de aprovação de candidaturas poderia pôr em causa o sector, longe de mim. Não conheço essa alteração, irei informar-me e agradeço toda a informação complementar que me possa ser dada, mas o interesse é obviamente o oposto”, afirmou o ministro.

Capoulas Santos acrescentou que “estamos neste momento, no PDR, a aprovar cerca de 1.300 candidaturas por mês. Esperamos ter até Março a situação completamente regularizada. Gostaria de lembrar que quando há um ano cheguei ao Governo, havia no PDR zero projectos de investimento contratados e neste momento já estão contratados e em pagamento investimentos na ordem dos 800 milhões de euros, que correspondem a 455 milhões de apoios nacionais e comunitários”.

Auto-suficiência no azeite

Quanto ao sector do azeite, o ministro disse que os dados que dispõe, relativos a 2015, revelam um “crescimento expressivo da produção. Os dados dão conta de uma produção de quase duas vezes e meia do que estava em 2005, o que se repercutiu de forma notória na taxa de auto-aprovisionamento do sector, que evoluiu de uma taxa de 50% para uma situação de auto-suficiência a partir de 2012-2013”.

Capoulas Santos adiantou que a performance exportadora do sector tem “sido igualmente notável, tendo o valor das exportações ascendido em 2015 a mais de 400 milhões de euros, quando em 2005 era apenas de 85 milhões. O que levou a que a balança do sector passasse a apresentar um saldo muito positivo”.

40 anos de Casa do Azeite

A Casa do Azeite celebra este ano o seu 40º aniversário. Para comemorar realiza hoje, por ocasião do Dia Mundial da Oliveira, o seminário “O sector do Azeite em Portugal – crescimento e competitividade”, no Pavilhão de Exposições do Instituto Superior de Agronomia.

O seminário conta com a presença de Abdellatif Ghedira (director executivo do Conselho Oleícola Internacional), e de Luís Folque (presidente da Casa do Azeite), bem como de muitos outros especialistas e profissionais do sector.

De acordo com Luis Folque, presidente da Casa do Azeite, este seminário visa “juntar os seus associados e outros agentes do sector , ao mesmo tempo que promove um debate alargado sobre a situação do sector do azeite, a sua competitividade e os seus desafios futuros”.

Agricultura e Mar Actual

Capoulas Santos Casa do Azeite PDR 2020 2016-11-28 CarlosCaldeiraFonte do Artigo

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com