Produção algarvia de azeitona para conserva mais fraca que na campanha 2014-2015

0

Produção algarvia de azeitona para conserva mais fraca que na campanha 2014-2015

A campanha de comercialização de azeitona de mesa prossegue na área de mercado Algarve. Nesta campanha de 2015-2016, a produção algarvia de azeitona para conserva “foi mais fraca que na campanha 2014-2015, quer em quantidade, quer em qualidade”, diz a análise do SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas, referente à semana de 26 de Setembro a 2 de Outubro.

As cotações não sofreram alteração, em relação à semana anterior (1,00€/kg).

Quanto ao azeite, prosseguiu a comercialização da campanha 2015-2016, que se aproxima do fim. Foram observadas transacções a granel de azeite virgem extra na área de mercado Trás-os-Montes, onde a cotação mais frequente deste produto foi de 3,45€/kg.

Preço do azeite sobre em Trás-os-Montes

Relativamente à semana anterior, a cotação mais frequente do azeite virgem extra engarrafonado subiu na área de mercado Trás-os-Montes, mantendo-se sem alteração nas restantes áreas de mercado:
4,00€/litro na a.m. Trás-os-Montes (+0,38€/l);
4,15€/l na a.m. Beira Interior;
4,50€/l na a.m. Alentejo Norte;
4,72€/l na a.m. Alentejo Central;
4,44€/l na a.m. Alentejo Sul.
* Azeite = Azeite Virgem Extra (<=0,8º) + Azeite Virgem (>0,8º e <=2º) + Azeite Virgem Lampante (>2º).

Nos nove primeiros meses da campanha 2015-2016, que registou o terceiro mais elevado volume de produção dos últimos 100 anos, as compras ao exterior de azeites virgem-extra e virgem diminuíram 28% e as vendas aumentaram 6%, em volume, relativamente ao período homólogo da campanha anterior.

No mesmo período, o superavit da balança comercial de azeite cifrou-se em 143 milhões de euros, o que representa um aumento de 71 milhões de euros (+100%), em relação ao período homólogo do ano anterior.

Agricultura e Mar Actual

Algarve 2016-10-04 CarlosCaldeiraLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com