Primeiro Pomar Pedagógico Interactivo de Portugal abre portas a crianças

0

Centro de Frutologia Compal: Cerimonia de inauguracao oficial do Primeiro Pomar Pedagogico Inteligente de Portugal na Quinta Pedagogica dos Olivais em Lisboa. Foto: AgenciaZero.net Primeiro Pomar Pedagógico Interactivo de Portugal abre portas a crianças

O Pomar Pedagógico criado pelo Centro de Frutologia Compal é o primeiro pomar interactivo do país, ao permitir aos visitantes aceder nos seus dispositivos a informação detalhada sobre as árvores e frutos existentes no pomar. Esta informação pode ser visualizada não só durante a visita, em tempo real, mas também, posteriormente, nas salas de aula e em casa.

Através da presença de placas informativas (em forma de fruta), acopladas por transmissores de dados, os visitantes vão receber nos seus dispositivos móveis informação detalhada sobre a árvore que estão a ver, tendo uma experiência física mais interactiva e dinâmica. À medida que o visitante se desloca no pomar, a informação vai surgindo, de modo a apresentar todas as espécies presentes no pomar.

A cor e os cheiros da fruta ainda na árvore, tão característicos do pomar, são muitas vezes desconhecidos dos mais pequenos. Agora, o campo chegou à cidade, como resultado da parceria entre o Centro de Frutologia Compal e a Quinta Pedagógica dos Olivais. O Pomar da Quinta renasceu com novas actividades pedagógicas e com a particularidade de ser o primeiro Pomar Pedagógico Interactivo em Portugal.

Aproveitar a natureza

Com o objectivo de levar crianças, pais e professores a aproveitar a natureza, o ar livre e a aprender sobre a fruta através de um contacto directo com a sua origem, o Centro de Frutologia Compal uniu-se à Quinta Pedagógica dos Olivais para requalificar o Pomar, prosseguindo a sua missão de valorizar a fruta nacional e divulgar conhecimento sobre fruta.

Agora, as crianças podem conhecer no Pomar 38 variedades de árvores de fruto, desde as tradicionais macieiras, pereiras e figueiras a espécies mais exóticas como o araçazeiro, a anoneira, o sapote branco ou a pitangueira. O programa pedagógico também foi reforçado com novas actividades que explicam a importância da fruta e promovem o seu consumo.

Graças às várias actividades pedagógicas e à informação disponível, os mais novos percebem mais sobre a fruta: descobrem o que é um fruticultor, quais os melhores meses para comer a fruta de acordo com a sua época específica e que frutas certificadas são produzidas em Portugal e em que regiões. Todos os conteúdos foram desenvolvidos com o apoio da Associação Portuguesa dos Nutricionistas.

O contacto directo com o cheiro, a cor e as texturas do pomar promove a aprendizagem, enquanto as actividades pedagógicas cimentam o conhecimento de forma divertida. Ao longo do ano, as escolas que visitarem o Pomar receberão um Mapa das Frutas de Portugal para a sua sala de aula – uma forma de nunca se esquecerem do que aprenderem no local.

Agricultura e Mar Actual

Centro de Frutologia Compal 2016-10-20 CarlosCaldeiraFonte Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com