Nova campanha de promoção do Alvarinho apresentada no 108º aniversário da Região Demarcada

0

Nova campanha de promoção do Alvarinho apresentada no 108º aniversário da Região Demarcada

A Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) acaba de apresentar a nova campanha de promoção da sub-Região de Monção e Melgaço, por ocasião do 108º Aniversário da Demarcação da Região. Numa cerimónia em que foram também revelados os vencedores da IX Edição do Concurso de Vinhos Verdes & Gastronomia, destacaram-se 10 restaurantes de Norte a Sul do País nas categorias “Cozinha de Autor”, “Cozinha Tradicional”, “Melhor Serviço de Sala”, “Melhor Escanção”, “Melhor Carta de Vinhos da Região dos Vinhos Verdes” e “Melhor Harmonização”.

Sub-Região de Monção e Melgaço com nova imagem promocional
Com o objectivo de destacar o carácter próprio do Vinho Verde Alvarinho da Sub-Região de Monção e Melgaço, a CVRVV acaba de criar uma campanha de promoção com a assinatura “A Origem do Alvarinho” que explora os temas “Origem e Destino”, “Origem e Caracter” e “Origem e Descoberta”.

“Pela primeira vez em Portugal, uma sub-Região é destacada como sendo válida só por si. É necessário reconhecer a exclusividade dos vinhos de Monção e Melgaço e reforçar aquela sub-Região como território de origem da casta Alvarinho no universo dos Vinhos Verdes. Já acontece noutros países como França há largos anos e, olhando para a nossa Região, urge que se distinga aquele território como único”, salienta o presidente da CVRVV, Manuel Pinheiro.

Integrada num programa de promoção a 6 anos, no valor de 3 milhões de euros, a campanha abrange acções formativas de produtores e profissionais da restauração, distribuição e turismo, eventos específicos, provas e degustações.

IX Concurso de Vinhos Verdes & Gastronomia

Seis Chefs de referência nacional – Rui Martins (restaurante Rib – Beef & Wine – Porto), Vítor Matos (restaurante ANTIQVVM – Porto), Joaquim Almeida (restaurante Dom Joaquim – Évora), António Carvalho (restaurante Brasão – Felgueiras), Vincent Van Dijk (restaurante Le Marquis – Loulé) e António Vieira (restaurante Wish – Porto) arrecadaram o prémio Ouro com pratos de cozinha de autor e dois pratos clássicos da gastronomia portuguesa, harmonizados com vinhos dos mais prestigiados produtores da Região inscritos a concurso. Aqueles Chefs foram igualmente responsáveis pela confecção do jantar da cerimónia da entrega de prémios, na Casa da Música.

Foram ainda atribuídos seis prémios na categoria Prata, sete na categoria Bronze, um na categoria Finalista e três prémios individuais – melhor escanção – Liliana Alho, restaurante Wish, melhor serviço de sala – Sónia Marinho, restaurante Palatium e melhor carta de vinhos da Região dos Vinhos Verdes – restaurante Brasão. O restaurante RIB – Beef & Wine ganhou o prémio de melhor harmonização da noite, após votação da sala.

O júri, composto por Bruno Almeida, provador da CVRVV, Renato Cunha, Chef de cozinha do restaurante Ferrugem (Famalicão), Agostinho Peixoto, Presidente da Associação de Profissionais de Turismo de Portugal, e José Silva, crítico de vinhos e de gastronomia, avaliou mais de 70 harmonizações concorrentes.

O Concurso de Vinhos Verdes & Gastronomia assinala a publicação da Carta de Lei de 1908, que demarca a Região dos Vinhos Verdes, e regista uma adesão crescente, afirmando-se como um dos mais importantes concursos de gastronomia do País.

Agricultura e Mar Actual

Alvarinho Vinhos Verdes 2016-09-22 CarlosCaldeiraLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com