http://gazetarural.com/2016/11/22/6958/

0

As ameaças à floresta Laurissilva (ilha da Madeira), o habitat do enigmático fura-bardos, têm sido constantes e dramáticas e por isso o projeto Life Fura-bardos tem sido fundamental para recuperar este habitat único e saber mais sobre a espécie. Mas este projeto está em vias de terminar e ainda tem um longo caminho a percorrer, por isso a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves tem a decorrer uma campanha de crowdfunding com o objetivo de continuar o trabalho no terreno.

A campanha conta com o apoio do produtora Oito da produtora que elaborou o vídeo da campanha e de David Lindo, uma das celebridades mais reconhecidas, sobretudo no Reino Unido, no mundo dos amantes da natureza e autor do blogue ornitológico The Urban Birder, que dá voz à causa.

O projeto Life Fura-bardos termina em 2017, mas os brutais e devastadores incêndios deste verão aumentaram ainda mais a premência e valor de todos os esforços de conservação desta espécie única da Madeira. A fauna e flora que apenas podemos encontrar na laurisilva ficou severamente afetada. Este projeto já nos permitiu recuperar 72 hectares de floresta Laurissilva, através da plantação de mais de 60.000 plantas, monitorizar cerca de uma centena de ninhos de fura-bardos e desenvolver atividades de educação ambiental a 3.000 crianças.

Com esta campanha, a SPEA procura conseguir aproximadamente 55 mil Euros, através de donativos, na plataforma Generosity da Indiegogo. Os donativos podem ser individuais, empresariais e/ou anónimos e estão garantidas recompensas a partir dos 4 euros.

Com a verba angariada pretende-se fazer a manutenção de cerca de 50 hectares de floresta nativa, livres de plantas invasoras, a recuperação de 20 hectares de vegetação vulnerável após incêndios, a produção de 10.000 plantas nativas para reflorestar áreas do projeto e a monitorização dos 98 ninhos encontrados para a espécie. A continuidade do programa de educação ambiental, que tem permitido chegar às crianças das várias escolas da região, é também um dos principais objetivos da campanha, contribuindo para uma nova geração de “embaixadores” da conservação da natureza do nosso arquipélago.

Cátia Gouveia, coordenadora da SPEA Madeira, refere que “este crowdfunding é essencial para que seja dada continuidade ao trabalho feito nos últimos anos ao abrigo do Life Fura-bardos. O valor que procuramos angariar através de doações é muito importante para assegurar tudo o que foi salvo até agora e manter este projeto vivo”, salienta. Acrescenta ainda “esperamos que esta mensagem vá além fronteiras e os emigrantes e amigos da Natureza nos ajudem e façam parte desta campanha tão importante para o floresta Laurissilva e fura-bardos.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com