Festival Mucho Flow tem cartaz fechado

0

Festival Mucho Flow tem cartaz fechado

O festival musical Mucho Flow, depois de três edições, regressa em força para mais um sprint musical, dia 8 de Outubro, no CAAA – Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura de Guimarães. Mais de 12 horas de música, onde se juntam, agora, à electrónica saturadíssima de Blanck Mass, à pop elaborada de Nite Jewel ou à versão em loop dos Memória de Peixe, o rock em noise dos Bo Ningen, os cancioneiros pop de Captain Boy, Lourenço Crespo e Sallim, passando pela sonorização visual de Radioscope#2 e a pósfesta de sempre de DJ Lynce, num total de 13 nomes que vão definir a nova pop.

Depois de apresentar nomes como Girl Band, Bitchin Bajas, Amen Dunes ou Filho da Mãe & Ricardo Martins, o Mucho Flow regressa última remessa de confirmações.

As actuações têm início às 15h, na rua junto ao CAAA (Rua Padre Augusto Borges de Sá) e continuam a partir das 18h até noite dentro nos dois palcos interiores. O Mucho Flow volta, assim, a proporcionar, em primeira mão, oportunidades para ouvir os próximos lançamentos de Joana Guerra, Toulouse (ambos a sair pela Revolve), Naked, Nite Jewel, Memória de Peixe ou Bruxas/Cobras, novo projecto de Ricardo Martins e Pedro Lourenço.

Os bilhetes, já à venda em ticketea.com, custam 10€. Os concertos no palco exterior são de acesso
gratuito.

Criado há 3 anos

Criado pela Revolve, em 2013, de forma independente, contando agora com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães, o Mucho Flow pretende celebrar a autenticidade e experimentalismo de culturas e movimentos emergentes no mundo da música, associando-se a bandas e editoras mais estabelecidas ou mais marginais nacionais e internacionais. Amen Dunes, Girl Band, Circuit des Yeux, CAVE, Bitchin’ Bajas, Filho da Mãe & Ricardo Martins, são alguns nomes que já passaram pelo festival ao longo das suas edições.

A Revolve é uma editora e uma promotora musical criada em 2009 sediada em Guimarães. Focada em promover eventos de música independente, ao longo dos sete anos de existência conta com uma série de iniciativas com um denominador comum: a preocupação pela inovação estética e artística, quer a nível de sonoridades, quer a nível de formato de eventos.

Para além do Mucho Flow, são exemplo o Indiesciplinas, Soirée, e Agora Aqui.

Agricultura e Mar Actual

Guimarães Mucho Flow Música 2016-09-09 João BorgesLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com