Festas das Vindimas de Viseu arranca esta quarta-feira com número reforçado de quintas

0

A Festa das Vindimas de Viseu arranca esta quarta-feira com um número reforçado de quintas, que abrem as suas portas aos visitantes e turistas que pretendam uma experiência real de vindima, destacou a organização do evento.

«A Festa das Vindimas de Viseu volta a reforçar o número de quintas que abrem as portas para um programa especialmente a pensar nos visitantes. Este ano há mais três quintas que, pela primeira vez, irão abrir portas para uma experiência real de vindima aos visitantes e turistas», apontou à agência Lusa fonte da Câmara de Viseu, que organiza o evento.

A terceira edição da Festa das Vindimas de Viseu decorre de quarta-feira a domingo, propondo a turistas, visitantes e residentes a descoberta de 14 quintas e paisagens vinhateiras da região, numa intensa experiência enoturística e cultural no Dão.

Entre os novos aderentes está a Quinta do Chão de São Francisco, localizada na aldeia de Lourosa de Cima, que tem uma vasta história que remonta ao século XVII, a par com a Casa de Treixedo em Viseu, propriedades do Visconde de Treixedo, membro destacado de uma família de fidalgos da província.

«Reflexo disso é o solar beirão presente na quinta, uma referência que representa um legado arquitetónico, histórico e religioso importante para a região. Com cerca de oito hectares de vinha, nesta quinta há ainda uma capela de Nossa Senhora dos Escravos, fundada em 1660», descreveu. De acordo com a Câmara de Viseu, «uma das grandes particularidades deste tesouro do Dão são os encantadores jardins de estilo barroco do séc. XVIII».

«Estes jardins serviam de área de passeio, lazer e faziam a transposição entre a zona habitacional e a agrícola. Há ainda lagos artificiais no interior dos jardins que serviam de recolha e distribuição de águas para rega», acrescentou.

Para além da Quinta do Chão de São Francisco, abrem ainda portas a Quinta de Lemos, Quinta da Turquide, Quinta Vinha Paz, Quinta de Reis, Quinta Vale das Escadinhas, Quinta Pedra Cancela, Casa da Insua, Casa de Santar, Paços dos Cunhas de Santar, Quinta de Cabriz, Quinta do Cruzeiro, Quinta do Perdigão e Quinta do Quintalinho.

A Festa das Vindimas surge este ano renovada e com novos atractivos, propondo 27 eventos e 100 horas de programação ao longo de cinco dias. No Mercado 2 de Maio será instalado o “Mercado de Vinhos & Sabores”, onde cerca de 25 marcas apresentam as suas referências vínicas. Aqui encontrarão também a Praça da Alimentação, uma das novidades desta edição. Ao longo dos cinco dias, os visitantes poderão assistir a “show-cookings” de “chefs” da região e a “workshops” vínicos.

Do programa consta também a Meia Maratona do Dão, no domingo, e duas reapresentações das visitas “Viseu Misteriosa”, na quarta e na quinta-feira.

A música vai ter um papel especial na Festa das Vindimas, com Darko, ex-vocalista dos Fingertips, a apresentar o seu novo projeto na noite de quinta-feira, no Mercado 2 de Maio.

Pelo palco passarão ainda o tondelense Samuel Úria, na sexta-feira, enquanto a abertura do programa de concertos das Vindimas, no feriado municipal (quarta-feira), cabe a Carolina Deslandes.

Para prolongar estes concertos há duas “Dão parties” na Festa das Vindimas: a primeira com o viseense Jonny Abbey, na sexta-feira, e a segunda no sábado, com o espetáculo “Viver Viriato” e a DJ Rita Mendes.

Fonte: Sapo.pt

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com