Festa das Vindimas de Viseu regressa com mais quintas e eventos de 21 a 25 de setembro

0

Programa propõe “vaivém” de iniciativas entre centro histórico e 14 quintas do Dão. 30 instagramers vão explorar a cidade vinhateira

A Festa das Vindimas de Viseu está de regresso de 21 a 25 de setembro para reconquistar comunidade, amigos e turistas para as experiências e paisagens dos vinhos da região. O seu arranque no “Dia do Município”, a 21, reflete a assunção de Viseu como “a cidade vinhateira do Dão”.

O centro histórico promete celebrar a época com diversas propostas enoculturais e as quintas abrem portas para experiências autênticas de vindima. Algumas delas, tal como nas anteriores edições, pela primeira vez.

Este ano, juntam-se à Festa das Vindimas 14 quintas aderentes, duas das quais pela primeira vez. Quinta do Chão de São Francisco (Viseu) e Quinta do Quintalinho (Tondela) serão as estreantes.

As unidades abrem portas para oferecer aos visitantes a oportunidade de experimentar uma vindima real numa paisagem autêntica e histórica. As reservas serão feitas para o dia de sábado, 24 de setembro. As inscrições estão abertas em www.vindimasviseu.pt

Para o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, “o aumento do número de quintas aderentes renova a atratividade do evento e demonstra a pertinência da aposta em promover Viseu e o Dão como cidade e região vinhateiras de excelência.”

O Presidente da Viseu Marca, João Cotta, sublinha por sua vez “o desafio de dar a conhecer ainda mais profundamente a região do Dão, num mix de experiências culturais”.

Todos os dias um “Mercado de Vinhos & Sabores” nasce na Praça do 2 de Maio. No antigo mercado de Viseu nasce um espaço premium de prova e descoberta dos néctares e sabores do Dão, com provas dos vinhos, tasquinhas com vários produtos regionais, workshops vínicos (com a participação de diversos enólogos e viticultores), showcookings (proporcionados por chefs da região), um espaço para os petizes conhecerem melhor que ninguém o ciclo da terra e um cartaz cultural para todos os públicos.

Nesta edição da Festa das Vindimas, Viseu é palco de desejados “regressos a casa”: os “filhos da terra” Darko e Samuel Úria regressam a Viseu para concertos olhos-nos-olhos com os viseenses, visitantes e amigos de Viseu. Será nas noites de 22 e 23 de setembro, respetivamente. Antes, Carolina Deslandes estreia-se em Viseu, dia 21.

A aposta na fotografia e as redes sociais como promoção do destino Viseu é uma das grandes novidades. Com o evento “Instameet Viseu”, cerca de 30 igers de todo o país – fotógrafos do Instagram – estarão na cidade-jardim para durante o fim-de-semana redescobrirem e capturarem o melhor da cidade vinhateira e das paisagens do Dão. A palavra de ordem é “partilhar”.

Do programa faz ainda parte o espetáculo “Viver Viriato”, produção Trigo Limpo Tetro ACERT, que terá na Festa das Vindimas a sua maior e última récita. Na noite de 24 de setembro, pelas 21H30, no Adro da Sé, a marioneta gigante que veste a pele do herói mítico de Viseu instala-se pela primeira vez no Centro Histórico.

As Dão Parties têm regresso garantido em 2016. A primeira é no dia 23 de setembro, sexta-feira, no Mercado 2 de Maio, com o viseense Jonny Abbey. Na noite do dia seguinte, o local é o Museu Nacional Grão Vasco, dando continuidade ao espetáculo “Viver Viriato”, e a DJ convidada é Rita Mendes.

A Meia Maratona do Dão tem regresso garantido para juntar milhares de amantes do desporto na manhã de domingo. Os percursos da Meia Maratona (21k), Mini Maratona (10k) e Caminhada (5k) estão já disponíveis em runningwonders.com.

O sucesso das visitas “Viseu Misteriosa”, que chegaram à boleia da Feira de São Mateus, faz prolongar esta experiência na Festa das Vindimas. Duas novas sessões estão previstas para as noites de 21 e 22 de setembro.

O Município de Viseu e a Viseu Marca organizam a Festa das Vindimas e o BiG – Banco de Investimento Global é o patrocinador principal, dando continuidade à sua aposta em associar-se à agenda de eventos enoturísticos de Viseu.

O evento tem como parceiros institucionais a Comissão Vitivinícola Regional do Dão (CVR Dão) e o Museu Nacional Grão Vasco. Dão também o seu apoio a Galp Energia e a Litocar.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com