Cantinho das Aromáticas “Olímpico” nos Great Taste Awards 2016

0

O Cantinho das Aromáticas, pelo terceiro ano consecutivo, conquistou diversos prémios no concurso internacional de produtos alimentares, Great Taste Awards 2016, equivalente mundial aos Olímpicos da alimentação.

“Sete dos nossos produtos foram premiados com onze estrelas”, diz Luís Alves, um dos responsáveis da empresa de Vila Nova de Gaia, que só produz em modo biológico.

As tisanas Conspiração D’ouro, Especialidade da Casa, Amor Perpétuo e Doce Menta arrecadaram todas 2 estrelas, os Lotes Reserva para infusão de Erva-príncipe e Hortelã-vulgar 1 estrela e a infusão de Manjericão-canela 1 estrela. O lote Reserva de Erva-príncipe para infusão conquistou este prémio pelo terceiro ano consecutivo, sendo o mais premiado de todos os produtos da Cantinho das Aromáticas.

“Competimos com as melhores empresas de chás, infusões e tisanas do mundo. Nas distinções atribuídas na nossa categoria, ficámos em segundo lugar, apenas superados por uma empresa inglesa. Não imaginam o incrível estado de alegria e satisfação em que se encontra toda a equipa”, acrescenta Luís Alves.

Aquele responsável adianta que “à nossa escala, este é um feito verdadeiramente olímpico. Nos últimos 3 anos conquistámos 13 prémios internacionais e 11 prémios nacionais. Mais uma vez, estamos entre os melhores produtos do planeta. Somos portugueses, fazemos bem, com grande orgulho e uma vontade do tamanho do mundo”.

Provas cegas

No Great Taste Awards, todos os produtos são avaliados pelo menos por três painéis distintos, incluindo retalhistas do sector alimentar, chefs, críticos de restaurantes, jornalistas especializados e outros especialistas da indústria alimentar. Neste concurso todas as provas são cegas. Só o produto é avaliado. Importa referir que os júris dos prémios Great Taste não julgam o branding ou packaging da empresa. Apenas têm acesso ao produto (sem nunca vislumbrarem a marca), concentrando-se no sabor, qualidade, textura e aspecto do produto a avaliar.

“Não há melhor forma de premiar o nosso projecto e o constante trabalho de equipa que aqui desenvolvemos bem como toda a investigação, conhecimento e partilha que temos levado a cabo. Somos caso de estudo no País e já fazemos parte da história recente da agricultura portuguesa, pelo nosso trabalho como agricultores”, diz o mesmo responsável.

“Depositamos o maior cuidado no conhecimento e entendimento do ecossistema agrícola, nas técnicas agronómicas praticadas, sempre com uma visão holística da produção de plantas aromáticas. A justificação deste facto é sustentada por este enorme e constante reconhecimento internacional. Somos orgulhosamente mais um conjunto de portugueses que ama e que é muito bom naquilo que faz”, salienta Luís Alves.

Modo de produção biológico

O Cantinho das Aromáticas situa-se no litoral Norte de Portugal, entre Vila Nova de Gaia e Porto, muito próximo do local onde o Rio Douro e o Atlântico. Iniciou a sua actividade em 2002, como o primeiro viveiro do País exclusivamente dedicado à produção de mais de 150 espécies de plantas aromáticas. Em 2007 começou a produzir e a exportar regularmente algumas toneladas de plantas aromáticas a granel, que se destinavam essencialmente às indústrias de cosmética e de farmacêutica Bio.

A empresa possui ainda uma casa de chá e loja onde os seus produtos são diariamente degustados pelos visitantes.

A produção da Cantinho das Aromáticas é totalmente certificada em Modo de Produção Biológico, com as suas plantas a apresentarem “enormes índices de qualidade, mensuráveis pela total isenção de resíduos de pesticidas, e pela maior quantidade de açúcares e de óleos essenciais”, refere a empresa.

Agricultura e Mar Actual

O post Cantinho das Aromáticas “Olímpico” nos Great Taste Awards 2016 aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com