Buyinportugal apresenta plataforma de e-commerce de encomendas para empresas exportadoras

0

Buyinportugal apresenta plataforma de e-commerce de encomendas para empresas exportadoras

A Buyinportugal apresenta, terça-feira, 27 de Setembro de 2016, a sua plataforma de e-commerce de encomendas online das empresas exportadoras portuguesas para compradores internacionais. O evento tem lugar, das 17h30 às 19h30, no Salão Nobre da Câmara de Comércio, em Lisboa. A entrada é grátis e pode inscrever-se aqui.

A plataforma, liderada por Ricardo Wallis (CEO, shareholder & Project Manager) é destinada a fabricantes, grossistas, distribuidores e retalhistas portugueses e promete ajudar os exportadores com serviços de logística, escrow, seguro de crédito, pré-inspecção, certificação, etc.

Os exportadores podem registar-se já, mas a plataforma só estará online a partir de 1 de Janeiro de 2017.

Sob o lema “para os que querem vender os seus produtos em todo o mundo”, a Buyinportugal diz dar aos fornecedores portugueses as “ferramentas necessárias para atingir uma audiência mundial para os seus produtos, e ajudando os compradores internacionais a encontrar os produtos dos fornecedores portugueses, facilmente e com eficiência”.

Através da plataforma, os empresários podem ter acesso à sua área de comerciante onde poderá visualizar e modificar o perfil da empresa, introduzir, modificar e apagar os seus produtos, ver o histórico das encomendas e responder aos clientes, adicionar promoções, descontos de quantidade, gerir as devoluções de mercadoria, criar vales de desconto, e saldos para cada produto.

Os produtores podem ainda ter um mini-site dentro do marketplace, com o perfil da sua empresa, fotos, vídeos e descrição dos vários produtos, receber encomendas por e-mail, receber e responder às mensagens dos potenciais clientes e adicionar palavras-chaves a cada produto, para ser mais facilmente encontrado.

Condições para exportadores

Para fazer parte desta nova plataforma, terá de se registe-se (aqui). Após o registo, a Buyinportugal cria o acesso à área restrita e configura os dados da empresa. De seguida, pode começar a configurar a sua área online e a introduzir os produtos. A plataforma também pode fazer a introdução dos produtos mediante orçamento.

Somente são permitidas empresas portuguesas legalmente constituídas, que tenham experiência em exportação, ou estarem aptas para exportar.

O registo tem um custo de 200 euros na inscrição, para criação da área de comerciante e de 800 euros quando os produtos são activados e começam a ser visualizados.

A plataforma não cobra comissões, tendo o serviço um custo anual de 500 euros, a ser pago no dia 1 de Janeiro de cada ano, com início em 2018.

Agricultura e Mar Actual

Buyinportugal E-commerce Exportações 2016-09-24 CarlosCaldeiraLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com