Bayer compra Monsanto por 59 mil milhões de euros após 4 meses de negociação

0

Bayer compra Monsanto por 59 mil milhões de euros após 4 meses de negociação

O acordo de fusão entre a empresa farmacêutica alemã Bayer e multinacional agrícola Monsanto por 59 mil milhões de euros, foi assinado esta quarta-feira, 14 de Setembro. A Bayer, que desde Maio tinha assumido a intenção de adquirir a Monsanto, fechou o negócio pelo preço de 128 dólares (114 euros) por acção.

O conglomerado alemão prepara-se assim para adquirir a Monsanto, depois de quatro meses de duras negociações entre as partes. Nesta fase, a Bayer prepara-se para “enfrentar elevado escrutínio por parte de reguladores visto que a transacção será all-cash”, afirma o gestor da XTB Portugal, Pedro Ricardo Santos.

Aquele analista acrescenta que Werner Bauman, o director executivo da Bayer, acredita que “o processo será algo moroso pela burocracia envolvida mas será levado a bom porto”. A acção está a cotar no suporte dos 92,400 euros e apresenta “potencial para entradas compradoras no activo, até aos 92,270 euros“, diz Pedro Ricardo Santos.

Compra de um negócio polémico

Com esta aquisição, o grupo alemão passará a integrar a actividade agrícola, ligada à manipulação genética de sementes e pesticidas, no seu ramo de negócio. Em comunicado, a Bayer, refere que esta transacção juntará duas áreas “diferentes, mas complementares” de negócio.

Refira-se que a norte-americana Monsanto esteve já envolta em várias controvérsias nos mercados americano e europeu devido a patentes aplicadas a sementes. Muitos dos seus produtos têm estado ligados suspeitas de problemas cancerígenos nos consumidores.

Agricultura e Mar Actual

Bayer Monsanto 2016-09-15 João BorgesLer Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com