Aldeias Históricas de Portugal na X Bienal Ibérica de Património Cultural

0

As Aldeias Históricas de Portugal vão estar na X Bienal Ibérica do Património Cultural AR&PA 2016, de 10 a 13 de Novembro, em Valladolid, Espanha, anunciou hoje a Associação das Aldeias Históricas, que tem sede em Belmonte, Castelo Branco.

Em nota de imprensa, a associação explica que o evento será dedicado ao tema “Património inteligente, Território Inteligente” e que Portugal é o país convidado deste ano.

“O convite a Portugal coincide com a celebração de um acordo para a realização de uma Bienal Ibérica do Património Cultural, para a realização de feiras dedicadas ao património dos dois lados da fronteira”, acrescenta a nota.

Segundo a informação, “a Bienal Ibérica do Património Cultural destina-se a reunir num só espaço os agentes culturais – instituições públicas, fundações, empresas, ateliês de arquitetura e design, alojamentos temáticos, operadores turísticos temáticos, projetos de base territorial, empresas de conservação e restauro e de reabilitação urbana, universidades e centros de formação especializada – tornando-se num encontro multidisciplinar único, tanto em Portugal como em Espanha”.

Este ano, a AR&PA 2016 terá 247 entidades representadas, de vários países como Estados Unidos da América, Índia, Itália e França, para além dos anfitriões e de Portugal.

De Portugal estarão representadas as Aldeias Históricas de Portugal juntamente com a Direção Regional de Cultura do Centro, a Direção Geral do Património Cultural, o Turismo de Portugal, a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), a Fundação Ricardo Espírito Santo, entre outras entidades.

O programa inclui conferências, ‘workshops’ e um congresso internacional.

Enquanto decorre a AR&PA, 23 museus e salas de espetáculos em Valladolid estão abertas ao público gratuitamente.

De acordo com a informação, por lá passam também as manifestações musicais portuguesas que são património imaterial da Humanidade, o fado e o cante alentejano.

A participação das Aldeias Históricas de Portugal é financiada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através dos programas Centro 2020 (Programa Operacional Regional do Centro), via Portugal 2020, e do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

A Aldeias Históricas de Portugal – Associação de Desenvolvimento Turístico integra 12 localidades do interior do país, designadamente Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso.

Fonte: Sapo.pt

Ler Artigo Original

Partilhar

Sobre o autor

Escrever Comentário

Powered by themekiller.com